Bizarro! Museu do pênis é atração turística na Islândia

525
Icelandic Phallological Museum

A pequena Husavik, com seus poucos mais de 2.500 habitantes, está localizada na parte norte da Islândia.

Husavik / Foto: Visit Húsavík via Visual Hunt / CC BY
Husavik / Foto: Visit Húsavík via Visual Hunt / CC BY

A cidadezinha está na esquina da Baía de Skjalfandi, considerada a meca de observação de baleias do país nórdico. O grande lance é sair mar adentro e delirar com o show desses verdadeiros gigantes marinhos.

Foto: yashima via Visual Hunt / CC BY-SA
Foto: yashima via Visual Hunt / CC BY-SA

Cedinho, já estava no porto para realizar o passeio em um imenso veleiro de madeira. O mar estava tranqüilo, e o tempo, com poucas nuvens, permitia uma excelente visibilidade.

Foto: Anosmia via Visualhunt.com / CC BY-ND
Foto: Anosmia via Visualhunt.com / CC BY-ND

Vestido com roupas impermeáveis, avistei duas dezenas de várias espécies: Baleias azuis, minke, fin, jubarte e duas orcas. Durante cinco horas, desfrutei desta experiência fascinante!

Icelandic Phallological Museum
Icelandic Phallological Museum

Na volta, fui conhecer um dos museus mais bizarros do planeta, o ‘Icelandic Phallological Museum’.

Faloteca do Icelandic Phallological Museum
Faloteca do Icelandic Phallological Museum

Caríssimos leitores, o local conta com um acervo de mais 200 pirocas de quase todas as espécies de mamíferos, terrestres e marítimos, da fauna islandesa e mundial.

Conhecendo a coleção do Icelandic Phallological Museum
Conhecendo a coleção do Icelandic Phallological Museum

A coleção dispõe de 56 exemplares de 17 tipos de baleias, e mais de uma centena de mamíferos terrestres.

Icelandic Phallological Museum
Icelandic Phallological Museum

O colecionador e diretor da “faloteca”, mister Sigurdur Hjartarson, nos conduziu pelo reduto e apresentou os seus preferidos.

Icelandic Phallological Museum
Icelandic Phallological Museum

Na época, mister Sigurdur veio com um papo surreal dizendo que já tem 4 pênis de macho prometidos para sua coleção, no pós morte. As doações estão comprovadas através de cartas escritas pelo próprio punho dos doadores em potencial.

Mister Sigurdur Hjartarson, o diretor do museu
Mister Sigurdur Hjartarson, o diretor do museu

Com um olhar de Hannibal Lecter, aunciou que está procurando novos voluntários. Tiozinho esquisitão, né? Dá uma olhada na foto.

 

Me sigam também no Instagram: @verissimoarthur