Conheça o artesão admirado por Gilberto Freyre e João Paulo II

89
'O Anjo Cangaceiro', obra de Zé do Carmo

Goiana está coladinha a Recife (65km) e a João Pessoa (55km). A via de acesso é pela BR 101. Sua orla marítima é formada por 6 praias que, juntas, somam 18 quilômetros de tranquilidade, arrecifes e areia fina.

Vista da orla
Mar calmo da orla goianense

Localizada na Zona da Mata, seu centro histórico foi declarado Patrimônio histórico Nacional em 1938.

Centro Histórico de Goiana
Centro Histórico de Goiana
Casarões de Goiana
Casarões de Goiana
Serginho da Burra
Serginho da Burra

Caminhava no emaranhado de construções barrocas, igrejas, casarões e praças do músculo cardíaco da cidade. Um amigo, o folclorista e agitador cultural Sergio Ricardo Clementino (Serginho da Burra) me acompanhava nesta caminhada.

Arthur Verissimo e Serginho da Burra
Arthur Verissimo e Serginho da Burra

Próximo ao badalado restaurante Buraco da Gia, Serginho, como um ninja, entra em uma casa/museu de duas salas.

Museu Zé do Carmo
Museu Zé do Carmo

Desde o primeiro instante em que piso no local, minha alma entra em comunhão com o magnetismo das estátuas e pinturas.

Nas paredes, os quadros se mesclam com imagens de Zumbis, anjos e reis magos. As obras conversam e dialogam com os visitantes. Uma estátua de barro de 1,5 metros de um cangaceiro com asas parece ter vida própria.

Anjo Cangaceiro
O Anjo Cangaceiro de Zé do Carmo

Tento decifrar a obra do anjo cangaceiro. Me lembra o lendário Lampião, porém, com asas.

O artista plástico Zé do Carmo
O artista plástico Zé do Carmo

Vejo um ancião sentado ao fundo da primeira sala. Este senhor é Patrimônio Vivo da história de Pernambuco e do Brasil. Com 83 anos de idade, o mestre Zé do Carmo, nascido em 13/12/1933, é um artista que, com suas obras, traduz com genialidade a identidade do povo nordestino.

Chego de mansinho e faço minhas reverências ao mestre. Ele, suavemente, me diz que começou pintando quando era criança, e que, quando pequeno, fazia figurinhas de barro. A mãe artesã, percebendo o talento inato do filho, orientou que ele realizasse figuras populares.

Obras de Zé do Carmo
Obras de Zé do Carmo

Zé passou a criar intensamente e, no final dos anos 40, se destacou com sua arte de esculturas de cerâmica.

Vejo algumas fotos dele com o escritor e pensador Gilberto Freyre. Gilberto foi um grande amigo e admirador da obra de Zé do Carmo.

Com sua fala pausada, Zé do Carmo me diz: “Quando o papa João Paulo II esteve no Recife em 1980, eu ofereci alguns anjos de presente, e o anjo cangaceiro era um deles. Na época, Dom Helder Câmara era o arcebispo de Olinda e Recife e me chamou”.

Zé do Carmo
Zé do Carmo

As histórias e lendas do Seu Zé do Carmo são um bálsamo de cultura. Suas obras fazem parte de acervos de museus e coleções particulares. Ao lado de sua cadeira, encontra-se uma série de documentos, poesias e textos de sua saga.

Depois de nos presentear com textos e poesias, ao final, Zé do Carmo nos mostra uma carta que o Vaticano mandou para ele, agradecendo os presentes feitos por um dos mais completos artista do barro da história do Brasil.

Viva Zé do Carmo! Quando visitar Goiana, além de desfrutar de suas deliciosas praias, conhecer seu casario antigo e suas igrejas, dê um pulo na casa/museu do mestre Zé do Carmo. Parada imperdível!

Museu Zé do Carmo:

Endereço Rua Padre Batalha 103, Centro – Goiana – PE

Dica:

Se a fome apertar, faça uma parada no ‘Buraco da Gia’. O restaurante fica no número 100, em frente ao museu do mestre Zé do Carmo, e serve pratos suculentos e muitos frutos do mar.

Sigam-me no Instagram – @verissimoarthur