Costa da Lagoa: segredo preservado no coração de Florianópolis

462

As belezas naturais da ilha de Florianópolis, em Santa Catarina, com suas praias, dunas, lagoas, manguezais e espécies da mata Atlântica, hipnotizam e cativam o coração e o espírito de qualquer viajante. Basta observar o jeito elegante e tranquilo da população local em levar a vida e preservar a natureza.

Praias estonteantes com ondas e ventos para a prática do surfe, kite-surfe e windsurfe estão à disposição dos amantes dos esportes de ação durante o ano inteiro. Para os que gostam de trilhas e caminhadas, percorrer as montanhas e a zona rural é um deleite completo.

Em minha viagem mais recente à capital catarinense, passei uma temporada de relax e tranquilidade na Lagoa da Conceição. Puxei o freio de mão da vida intensa da cidade de São Paulo e mergulhei na atmosfera de magia e reflexão que reina no local.

IMG_2790Um amigo das antigas mudou-se para este paraíso e vive precisamente no posto 7 em um local isolado e de difícil acesso. Para você entender, a costa da lagoa é um shangri-lá bem-aventurado no coração de Floripa. Hoje para o turista e aventureiro chegar à costa da lagoa só é possível por trilhas, em meio à mata nativa ou costeando a lagoa por barco.

IMG_2716

IMG_2725Existe um sistema eficiente de transporte fluvial com 23 pontos de embarque e desembarque para atender a população. Diariamente mais de 1.400 moradores utilizam o transporte hidroviário que é coordenado pela associação dos barqueiros. Todos os trapiches foram reformados para atender ao fluxo dos moradores e turistas. Vale a pena desfrutar deste passeio fascinante e conhecer um dos 13 restaurantes onde a culinária de tradição açoriana tem como base os frutos do mar frescos e suculentos.

Na Costa da Lagoa moram cerca de 1.800 pessoas formadas por nove grandes famílias que vieram da Ilha dos Açores no final do século 17 em busca da pesca e terras para a agricultura. A Freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Lagoa foi fundada no ano de 1750.

IMG_2621Hoje a maioria da população tem algum parentesco, formando uma grande família. Obviamente alguns estrangeiros e brasileiros de outras regiões resolveram fixar residência e vivem em estado de graça. Nos passeios e transporte do dia a dia na lagoa, conheci seu Manoel Bernardes, 61anos, que durante 35 anos trabalhou na pesca marítima do Chuí ao sul da Bahia. Suas histórias e façanhas durante este período em alto-mar alimentaram minha imaginação e consolidaram uma grande amizade.

Seu Manoel é um grande contador de histórias e ainda me levou para conhecer uma cachoeira fascinante no ponto 16 da lagoa, onde estão concentrados os restaurantes. A área da Lagoa da Conceição foi habitada primordialmente pelos índios carijós. Os vestígios deste grupo são evidentes nos sítios arqueológicos, onde foram encontrados pontas de flechas e sambaquis.

IMG_2568